9 de agosto de 2015

Tree of Savior: tem cara de Ragnarok

Boa noite, meus queridos! Hoje estarei comentando em primeira mão o beta de um dos MMOs mais esperados de todos os tempos: Tree of Savior. Eu e mais 5000(na verdade, soltaram mais 3000 keys, então são 8000) pessoas fomos sorteadas a jogar no Closed Beta 3 de ToS por 10 dias do servidor americano e relatar todos os erros, bugs e problemas de todos os tipos desse jogo (e devo dizer que tá bem grandinho).

Eu devo confessar que só fiquei sabendo desse jogo por causa dos meus amigos e eles tavam muito mais empolgados do que eu pra jogar, mas... TRISTE SORTE DO DESTINO! (E ainda por cima ganhei num sorteio mó nada a ver no facebook) #roxasbabaca

Sem mais delongas, vamos ao jogo!

Tree of Savior
História: A humanidade vivia em paz e harmonia com os deuses. Haviam muito deles, todos eram gentis e sempre ouviam as preces dos humanos. Certo dia, os deuses pararam de responder tais preces, mas ninguém levou a sério. Semanas, meses e nada dos deuses aparecerem. Até que num fatídico dia, uma das mais importante capitais daquele mundo foi devastada por uma praga que emergiu junto com uma árvore que cresceu e "engoliu" rapidamente a cidade. Não bastasse somente a árvore, chamada Árvore Divina, ter destruído casas, castelos e comércios, a árvore transformou pequenas flores em terríveis monstros que devoram humanos; fofos cachorros em ferozes lobos gigantes que se voltaram contra seus donos... Este dia foi conhecido como o Dia da Árvore Divina. Após 4 anos sem resposta dos deuses e toda essa catástrofe acontecendo, os humanos decidiram agir.

E com esse plot default dá todo um bom motivo pra fazer um mmo, onde ninguém lê a história. Fala a verdade, quem se importa com história de mmo? De verdade? Eu definitivamente não sou desses, só quero jogar e ter o pet mais fofo.

Jogabilidade:  Há três modos de jogar ToS: com teclado, com mouse e com controle.
Controle x Mouse/Teclado
Para aqueles que gostam do estilo de combate de Ragnarok, ele é completamente funcional para isso, que é o modo mouse. Nesse modo é bem mais fácil de jogar com mago e arqueiro, que dá para mirar mais facilmente e é mais parecido com estilo Point-and-click.
O modo teclado também é bem tranquilo de usar e é o default do jogo. Nada muito especial. É quase a mesma coisa do modo mouse, mas não tão intuitivo de mirar. De resto, mesmo estilo de muitos outros mmo's.
E uma das coisas que mais me chamou a atenção foi o fato de jogar com controle. Primeiro eu demorei pra descobrir que podia jogar com controle e, quando descobri, nuss. O jogo se transformou pra mim. Super flúido, fazia sentido pular, não tem rolamento, mas o pulo ajuda a esquivar dos ataques, é muito mais tranquilo usar as skills... Muito fácil e fluido de usar com guerreiros, que precisam ficar indo de um lado pro outro pra desviar dos golpes e partir pra cima dos monstros.
O jogo, porém, é bem esperto e consegue navegar de um modo pra isso sem que você precise configurar toda vez. O modo controle ainda tá bem cru e muitas das funções dele acabam falhando, especialmente na seleção de menu. Então, quando eu estou na cidade e vou comprar algo, eu simplesmente pego meu mouse e vou clicando nas coisas. Terminado as compras, eu pego meu controle de volta e continuo minha vida. Muito simples.

Outro ponto bastante positivo do jogo é que tem boss. Muito boss. Não é um, dois, três bosses... São MILHÕES! Tem uma quest de catar florzinha e...
Cada boss tem sua jogabilidade, seus ataques, seus especiais... Ainda não estão balanceados por membros na party (ou seja, o primeiro boss que você enfrenta ele é bem complicadinho se for sozinho, mas se tiver 2 pessoas, ele se torna ridículo e sem graça de tão fácil), mas eu acho que deva ser por conta do beta.

Tem gente que está reclamando da quantidade de bosses que tem no jogo, mas é justamente por eles que estou achando ele todo especial. Apesar que muitas das pessoas que estão jogando ToS na realidade querem jogar Ragnarok, Ragnarok é um MMO muito... Crú. Foi um que revolucionou, deixou popular, merece todos os prêmios, porém... Porém ele tem 11 anos, muitos outros surgiram do mesmo estilo dele (ou iguais) e, sim, as pessoas cansam do estilo. Rejogam algumas vezes (inclusive ainda tem servidores vivos desse jogo), mas... Precisamos de algo novo. Os boss são legais e ponto final.

Curiosidades:
  • Outros betas virão, então, se quiser poder algum dia receber a sua key, acesse esse link aqui, se cadastre no site e torça pra poder jogar e testar o jogo antes de todo mundo. Ou se você é do futuro e já lançaram ToS, talvez o link de download esteja nesse site, porque o jogo é FREE TO PLAY.
  • Apesar de todo mundo correndo neste beta, todo mundo vai perder tudo o que conseguiu assim que o beta acabar. ):
  • O jogo pode ser rodado numa batata, então fique tranquilo se você acha que seu computador não aguenta.



-Ah, Roxas, eu tenho uma dúvida. Tem muito BR no jogo?
Infelizmente, brs e jajaja estão em todos os lugares... KS, chamando os outros de noob, bots para matar mobs, mony pls... Não tem como fugir deles...

7 de julho de 2015

OTOMEN review


Estreia de Junjou Romantica 3 é essa semana, né ? HEUEHUEH  Oie pessoas! Cara, esse post, além do fato de que devia ter sido feito a muito tempo, também vai ter um teor emocional muito forte, simplesmente porque Otomen foi o primeiro mangá que eu realmente me apaixonei e comecei a colecionar... Ou seja, esse post vai ser um pouquinho duvidoso no quesito opinião... e.e tehehehehe...Mas quem liga ?

NOME: Otomen
AUTOR: Aya Kanno
DATA DE PUBLICAÇÃO: 2006 - 2012
Nº DE VOLUMES: 18
EDITORA ORIGINAL: Hakusensha
EDITORA BRASILEIRA: Panini ( até a série ser cancelada :c )
GÊNERO: Comédia, Romance, Shoujo, Slice of Life, Vida escolar
SINOPSE: Asuka é o típico estudante perfeito japonês. Um exemplo de masculinidade que todos em sua escola admiram. O que poucos sabem é que por trás desse forte e estoico menino existe um coração puro que adora coisas fofas. Quando Asuka está no segundo ano do ensino médio ele conhece e se apaixona por Ryo, uma garota forte e que adora coisas que seriam destinadas á garotos. A partir daí Asuka, terrivelmente apaixonado, começa a deixar o seu verdadeiro eu transparecer... Mas o que isso vai ocasionar? Descubra as divertidas situações em que esses dois vão se meter!

 ( ESSA FOI A SINOPSE MAIS SESSÃO DA TARDE QUE EU JÁ ESCREVI. BJ. )

 Impressões do Enredo:


 O pessoal tá acostumado ao shoujo em que a o personagem homem é todo machão, forte, sem sentimentos e talz e a heroina é pura e sonhadora, né mesmo ? Bem, pode esquecer isso em OTOMEN. Aqui é tudo ao contrário. Asuka saiu lindamente desse padrão e a Ryo também. E o melhor de tudo é que deu tão certo... TÃO CERTO... Quando eu comprei esse mangá eu achava que era yaoi ( capa rosa choque com um guri com uma flor na cabeça... Minha mente de fujoshi de 12/13 anos não conseguiu pensar em mais nada srry. ),pela descrição eu continuei achando que yaoi... Mas acabou sendo um shoujo ótimo super engraçado. As tentativas fail da Ryo de se tornar uma boa moça são simplesmente hilárias... E O DESTAQUE DOS PERSONAGENS SECUNDÁRIOS. Cada um deles tem uma história e a mangaká explorou isso ao máximo! Até as notas da autora nos cantos das páginas são engraçados! É do tipo de mangá que tu senta no sofá em um sábado á tarde e chora de tanto rir. Nada de draminhas baratos de romance clichê, nada de situações normais e/ou previsíveis... Até aquelas mínimas cenas "previsíveis" acabam interessantes ♥ Não me surpreende que o mangá tenha feito um sucesso enorme nos EUA. Mas vamos logo pros personagens que eu tô me segurando aqui nessa parte...

 P.S.: TEM VISUAL KEI NO MANGÁ. DRAMA FAMILIAR E VISUAL KEI. JUST...OWOWOWOWJEOEOEQ

 Os personagens:

 Como eu já disse, tudo nesse mangá é o contrário. O que você acha que é, não é, e o que tu acha que não é, é. Começando pelo Asuka que aparenta ser o macho alfa do negócio, mas tem um coração de uma garotinha ingênua e pura. A Ryo que tem a cara de uma perfeita menina doce japonesa, mas luta artes maciais e não sabe cozinhar ( e.e não recomendo colocar bicarbonato de sódio na comida...e.e falo sério. ).

E agora, o melhor de todos o grande, o maioral, o melhor personagem....JUTA TACHIBANA! Juta é o "melhor amigo" do Asuka, ele que empurra a Ryo pra cima dele e é conhecido como cafajeste da escola, um sem coração, que não acredita em amor romântico ( e monogamia )... Mas o que poucos sabem é que... JUTA É MANGAKÁ DE SHOUJO! Ele se infiltra na vida do Asuka só pra conseguir inspiração pra escrever as histórias... Ele faz de tudo pelo trabalho ( Até se vestir de mulher pra poder cumprir as expectativas das leitoras ♥ ) e isso faz as situações MAIS engraçadas acontecerem no mangá rç

 Além desses principais temos também o Ariake que é a versão oposta do do Asuka ( ele aparenta ser do tipo que gosta de coisas de menina, mas na verdade não ), o """""antagonista""""" do mangá, Hajime Tounomine ( VÉI OLHA ESSE NOME. ) e mais um monte de personagem secundário que vive aparecendo e desparecendo pelo mangá....e também... o cara das flores...







MANGÁ X DORAMA



 Então, sou suspeita pra falar de adaptação live action de mangá/anime. Nunca gostei de uma. Simplesmente por que ele quase nunca acertam nos atores/atrizes pra fazer os personagens. Não os culpo, adaptar a realidade de um mangá pra algo que os seres humanos possam fazer... Pode ser bem difícil. Até que o de Otomen não foi tão ruim. Eles seguiram até que muito bem o mangá e os atores escolhidos fizeram muito bem o papel ( menos o Ariake... O Ariake SIMPLESMENTE não deu certo)... Mas eu ainda vou preferir eternamente o mangá. A não ser pela ending... Aquela ending de otomen é tudo de bom ♥

 Okay, agora vamos falar de sacanagem... Por que foi isso que a Panini fez. O mangá parou de ser publicado por um tempo com a desculpa de que o original no Japão estava muito próximo do número de volumes da edição brasileira... Tudo mentira. Cancelaram o mangá no sétimo volume...Eu acho assim, quando uma editora começa a publicar o mangá....TERMINA PO***! Minha opinião, apenas.


Nos EUA, o mangá foi publicado todinho e fez um sucesso enorme ( acho que foi um dos primeiros shoujos a fazer tanto sucesso ). No Japão eu nem preciso comentar, né ? Bem, vocês podem ler o mangá todinho nos links abaixo. Espero que gostem ♥


MANGÁ ONLINE ( inglês ) MANGÁ ONLINE ( PORTUGUÊS ) 
( quando eu achar um link para download do dorama eu ponho aqui. D: )

19 de junho de 2015

Tamen de gushi


Oi pessoal! Tempinho já que não tinha postagem ( ESTOU COM MAIS DE TRÊS RASCUNHOS. NÃO CONSIGO FINALIZAR NENHUM. PODEM ME JULGAR ) e fiquem sabendo que daqui a um mês mais ou menos vamos ter um pá de novidade no AK, mas enquanto isso não acontece, vamos seguindo a programação normal do blog x3 Bem, hoje trouxe pra vocês um manhwa ( pelo menos é assim que eu classifico e.e ) bem bonitinho e light pra quem gosta de um shoujo-ai/yuri mais meiguinho e graçadinho... mas vamos ao review.

NOME: Tamen de Gushi
AUTOR: Tan Jiu
DATA DE PUBLICAÇÃO: 2014 - em publicação
Nº DE VOLUMES: Não é publicado em volumes mas em capítulos
EDITORA ORIGINAL: ---
EDITORA BRASILEIRA: ---
DATA DE EXIBIÇÃO: ---
Nº DE EPISÓDIOS: ---
ESTÚDIO:--
GÊNERO: Comédia, Romance, Yuri, Slice of Life, Vida escolar, Shoujo-ai
SINOPSE: O manhwa segue a história de vida de Sun Jing e seus colegas, focando sua relação com Qiu Tong.

 Então, esse review vai ser um pouquinho diferente. Como vocês vão perceber assim que clicarem nos links de download/online pra ler o manhwa é mais em forma de tirinhas que a autora posta em alguma rede social ( tumblr ou facebook... Não sei qual dos dois ). Por isso muita gente nem considera manhwa apesar de que o estilo é igualzinho de um. Sendo assim, o enredo não é muito desenvolvido, as personagens, apesar de muito engraçadas e bem boladas, não tem uma história muito desenvolvida e todo o comic gira basicamente nas "aventuras" de Sun Jing e seus amiguinhos.

Como é uma história Yuri então sim, o casal principal é de duas meninas e bem, não sai muito do clichê de tachi que gosta de esportes e é meio tomboy e neko que é fofinha e meio bobinha. ( Não sabe o que é Neko e Tachi ? Leia esse post ) MAS ISSO NÃO FAZ COM QUE O CASAL DEIXE DE SER GRACINHA, inclusive tem muitas situações durante o comic que deixam você tipo:



 Sobre os personagens, todos são muito engraçados. O amigo da Sun Jing, que sempre acaba "sobrando" em qualquer cena, é o foco da comédia no início mas logo depois temos todos os outros amigos dela sendo alvo de piadinhas da autora. Por exemplo temos um dos colegas da Sun que recebe uma declaração do senpai ( em coreano/mandarim (??) não é senpai que fala, nome mó estranho... enfim ) e... É MUITO ENGRAÇADO ELE REAGINDO. Fora as próprias mancadas que a Sun Jing dá enquanto tenta conquistar a Qiu Tong.



 A arte da autora é muito bonitinha, geralmente quando se trata de manhwa os autores não desenham cenários muito bem, mas dessa vez a autora ó...Caprichou. Tudo bem feitinho, as expressões dos personagens são super legais de ver e o melhor... É TUDO COLORIDO! Sem mais problemas em imaginar cores de cabelo pros personagens e depois descobrir que na verdade o cabelo deles era verde. NO MORE. 

 Enfim, vale super a pena ler e é rapidinho! Os capítulos tem, no máximo, dez páginas e são pouco mais que 60 capítulos.


LER ONLINE EM INGLÊS DOWNLOAD EM PORTUGUÊS