16 de outubro de 2010

Histórias de horror(parte 1)

Yooo pessoas,como já devem saber,estamos no mês do Hallowen e o AK vai está cheio de surpresas nesse mês algumas que nem eu mesmo sei,já que a Vick-sama não quer me contar ç_ç    eu fiquei encarregada de mostrar as lendas japonesas do Japão,ela será dividida em não sei quantas partes '-'(ainda pensando quantas em partes será)preparessem para gritarem de medo(ou não O.o)...

Spiritum Nihon - a criança da encruzilhada
 
Morrem mais pessoas vítimas de acidentes automobilísticos do  que assassinatos, no Japão. Por algum motivo, às lendas urbanas estão ligadas a esses casos (Acredite quem quiser^^).

Encruzilhada da morte – Todo cruzamento possui um histórico de acidentes, que na maioria das vezes podem custar a vida de alguém. Existem vários casos em que, “aparecem” pessoas que já morreram ali, e que estão de volta para pedir “ajuda” ou impedir que mais tragédias possam ocorrer. Casos como: “a garota do cruzamento” (Kousaten no onna no ko), em que uma garotinha de 4 anos que foi atropelada por um carro. Toda vez em que, o motorista for uma pessoa que não ligue por ultrapassar os semáforos em alta-velocidade, ela aparece em sua frente pedindo “socorro” (tasukete!). Isso ocasionalmente se transforma em um terrível acidente de carro. Lenda ou não, morre mais pessoas no trânsito do que qualquer outro homicídio (como citei antes).
                                                Okiku, a boneca viva

Kikuko tinha três aninhos de idade, quando adoeceu gravemente.Era agosto de 1932. Seu irmão visitava a cidade de Sapporo, Hokkaido (Ilha ao norte do Japão) quando viu uma boneca e comprou-a para Kikuko.A pequenina adorou a boneca e não mais separou-se dela, nem por um momento.Porém a doença agravou-se e em janeiro de 1933, Kikuko faleceu. É costume no dia da cremação do corpo, colocar os objetos que a pessoa mais gostava dentro do caixão para ser cremado junto com o corpo.Na ocasião porém, a familia no auge da dor da separação, esqueceu-se de colocar a boneca junto a menina. Após a cremação, a boneca que recebeu o nome de OKIKU, foi colocada no oratório, ao lado das cinzas da criança, onde a família fazia as orações.Com o passar do tempo começaram a perceber que o cabelo da boneca parecia crescer.

 Na década de 40 veio a guerra e a família teve de fugir para o interior, deixando a boneca com os sacerdotes do templo MANNENJI, que a guardaram juntamente com as cinzas de Kikuko.Com o fim da guerra, a família voltou para a cidade, procuraram pelos seus pertences no templo, onde perceberam com espanto que os cabelos da boneca não pararam de crescer! A pedido do irmão da menina, a boneca continuou no templo.A imprensa, mostrou o fenômeno, o que chamou a atenção de pesquisadores, para que fosse dada uma explicação científica para o caso, o que não aconteceu até hoje.

O templo que fica em Hokkaido é visitado por turistas e curiosos que querem ver a fantástica transformação da boneca.Há controvérsias, mas dizem que as transformações são visíveis:
O cabelo antes nos ombros, agora chega à cintura.Os lábios antes cerrados, estão entreabertos e úmidos,e seus olhos parecem olhar para as pessoas com expressões de quem tem vida.
Boom,por enquanto só essas duas histórias^^
Tenham bons pesadelos...

Fonte: http://www.colmeia.blog.br/


5 comentários:

Vick-chan disse...

Meuu que boneca assustadora o_o /medo

Sério mesmo, credooo, por isso que não gosto de bonecas >_<'

Liz disse...

Medo dessa boneca e_e

Pimy Chan disse...

Fikei com mais medo das imagens... /levatapa.

Mas al lendas saum assustadoras! O.O *medo da boneca*

Kei-kun disse...

imagens desnecessárias (ñ se escrever u.u) <.< *encara boneca* aquela bonequinha é tãooo...tensa... se eu fosse um monge, colocaria ela bem longe da minha cama.

Eu ñ vi essa boneca antes mas eu acho q ela engordou tb -not

Vick-chan disse...

hsauhhaahsuahsu ri muito com o coment do Key xD ohohohohohohohhohhoo
Deram comidinha de mais pra ela xD /leva tiro