14 de julho de 2011

Terraria, Minecraft: Pixel Art

Boa tarde trouxas, bruxos e sangue-ruins.
-Roxas, desde de quando você gosta de Harry Potter?
Eu não sou fã louco estupefado de Harry Potter. Tanto é que só li os livros, não vi os filmes.
Mas hoje, neste dia do meu post, é a pré-estreia do último filme, que as pessoas estão loucas morrendo que "acabou HP" e talz... Quer dizer... HP nunca vai acabar praqueles que ainda acreditam em magia.
Vá fazer sua homenagem potteriana ainda hoje, antes que seje tarde!

[E o trouxas não-fã de HP olham pro post do Roxas]


Porém, contudo, todavia, meu post não será nada de mágico. Como disse, não sou fã estupefado de HP e não vejo a necessidade de falar hoje como "último dia de magia".
Por isso mesmo, vou falar de mineiros.

-Roxas, você começou o post falando de HP. Agora vai falar de "mineiros"? Qual teu problema?


Certo dia eu aparetei no chat do AK e uma leitora me perguntou:
Roxas, o que você acha de Minecraft?
Minecraft pra mim é uma droga porque não sou fã destes tipos de jogos sem objetivos (por esta mesma razão, nunca fui fã de The Sims).
Não joguei suficiente bem pra poder falar alguma coisa deste jogo, mas perguntei pra várias pessoas do meu curso o suficiente pra poder escrever algum post.




Este vídeo mostra bem a diferença entre Minecraft e Terraria, ambos do mesmo estilo.

A grande vantagem de Minecraft: você começa do nada e tem uma infinidades de coisas pra fazer. Inifinidades mesmo. Chega a ser estúpido o que você pode fazer neste jogo que conta com um p*** pacote de bibliotecas de física.
Os gráficos meio quadrado...
-Meio?
Ok, os gráficos quadrados deste jogo, para alguns, é o que dá a ele o "charme" da PixelArt.
Normalmente, as pessoas que gostam de jogar Minecraft levam horas e horas, seja explorando o mundo de Minecraft, explorando com um amigo ou construindo um castelo.

Em Terraria, ao menos, você possui um objetivo: conseguir todos os equipamentos do jogo, matar todos os monstrengos do jogo e ainda construir o melhor forte de todos, explorando todos os lugares possíveis do lugar. Os gráficos 2D é um grande diferencial e um limitador para constuir neste jogo.

A desvantagem que eu vejo em Minecraft: você leva horas e horas da sua vida construindo um forte, por exemplo e...
E agora? É como ser o mais forte do servidor em qualquer MMORPG.
A desvantagem que eu vejo em Terraria: você conquista os melhores equipamentos, constrói o melhor forte...
E agora? É o mesmo enigam do Google, que dominou a internet.

Ambos os jogos requerem paciência. Tenha um objetivo de construir algo e leve horas e horas até esta construção ter terminado.
Mas eu mesmo não tenho, por isso, não jogo. Não vejo nada demais em jogos assim, então:
Roxas do not approve this game

-Roxas, se você não gostou deste jogo, como diabos você fala dele num post? Quem você acha que vai jogá-lo depois de um review porco deste?

4 comentários:

Naath ^^ '' disse...

Ee, fui eu que perguntei sobre Minecraft! (ok, isso é inutil)
Eu nem baixei porque... er... falta de vontade sabe...
Morri no final com o "Maybe Lord Voldemort" Muito bom o post ^^

Roxas disse...

Hey! Obrigado! =D
Achei sua pergunta relevante pra um post, por que não? =w=
E eu me esforço pros meus posts serem o mínimo de idiotas possíveis. As vezes não consigo.

Mad Hatter Vick disse...

Roxas Roxas esses joguinhos me lembraram I wanna be the guy!

Voce conseguiu terminar todas as fazes ? D:

Roxas disse...

Hã? Aquilo é fucking impossível ever!
Nem cheguei a enfrentar o primeiro chefão!
Acho que sou muito noob.