19 de janeiro de 2012

Metroid, Final Fight, Tomb Raider: Um papo sobre mulheres

Finalmente terminei minha meta de outubro e falei dos 4 jogos tensos de terror que, pra quem gosta, devem estar jogando até hoje, finalmente vou falar de... Assuntos diversos.
Hoje vou falar de mulheres. Como meu tema aqui no AK são jogos, vou falar de mulheres e jogos. Mas não do "ah, meninas também jogam video game" porque já estamos em 2012 e toda menina que tem um dedo polegar opositor joga alguma coisa (lógico que estou excluindo The Sims), então... Eu falaria sobre este assunto se estívessemos em 1980.

Então, vou apresentes aquelas primeiras mulheres que fizeram algo significativo em jogos populares. Aquelas que lutaram, apanharam, ganharam e enfrentaram o preconceito de "Mulher não joga video game" na época em que realmente tinha este preconceito. Também quero falar de mulheres bonitas porque eu sou uma pessoa saudável também.

Cuidado, o post pode conter Spoilers. Spoilers para aqueles que ainda estão em 1980, mas spoilers.


  • Samus Aran (Metroid 1986)

  • -Mas, Roxas, isso aí é um homem.
    Quem não jogou Metroid e joga Super Smash Brosh, realmente acha que Samus é um cara, devido a armadura e seu tamanho (1,90), mas, não. Durante o jogo (e quando nossos pais estavam jogando Metroid pela primeira vez) acredita-se realmente que Samus é um cara e o jogo tem todo o ar de "jogo de homem", na época. Porém, no final do jogo, caso você consiga um bom final, é revelado algo... "chocante"
     
    -Mas será possível? Uma MULHER
    Umas das primeiras protagonistas em jogo não "exclusivo para público feminino", pra falar a verdade.

    Claro que, antes da Samus, temos a nossa adorável Princesa Peach, em Mario (1981), mas a Peach, como personagem feminina, é tão significativa quanto aquelas mulheres que levantam plaquinhas de "Go!" em jogos de corrida.


  • Poison (Final Fight 1989)

  • Uma das personagens mais polêmicas na época. Sua estreia foi em um jogo Beat'em up Final Fight, em que, de certa maneira, é um "jogo de luta". Na imagem, SIM, é a mesma personagem.

     
    Uma mulher?! Em um jogo de luta?! Com tão pouca roupa?!?! Não, isto é um péssimo exemplo!
     
    Apesar dela não ser a protagonista do jogo, com este pensamento, quando o jogo Final Fight foi para os Estados Unidos, o sexo da Poison foi trocado para masculino. Ou seja, não era uma mulher que estava apanhando, e sim um travesti. Não sei o que é pior... Quer dizer, além de aumentar o short dela/dele, a mensagem que eles queria tirar do jogo ficou... Hmmm... Não sei, não entrarei nesta discussão velha.

    Infelizmente, não consegui achar um bom vídeo da Poison no youtube, só achei dela apanhando mesmo... Que infortúnio...



  • Lara Croft (Tomb Raider 1996)

  • Pulando mulheres de Street Fighter (que só começaram a aparecer em 1991, em Street Fighter 2) e mais um monte de jogos de Final Fantasy (só eu acho japoneses evoluídos neste aspecto?) e, como só estou falando de jogos que considero populares, vou falar da primeira personagem caracterizada como "musa dos games", reconhecida, no Guiness Book, como "A heroina de video game mais bem sucessida", a Lara Croft.
     Apesar que em 1996, já existiram muitas outras mulheres já protagonistas em seus próprios jogos e este preconceito já estava quase que erradicado, mas não posso deixar de falar da primeira musa.

    Eu também gosto bastante dela, pra ser sincero. Como sou sonysta, Tomb Raider foi um dos primeiros jogos que joguei (na época, 1996 eu tinha... 5 anos... Meu pai jogava e eu assistia) e a Lara Croft foi a primeira personagem heróina de um jogo que conheci, ela também tem um valor sentimental pra mim. Meu pai também gosta bastante dela (ah! E do jogo também, claro /risos).

    Jogava quando os gráficos eram quadradões, como mostra na primeira imagem. Eu tinha medo da segunda parte da primeira fase, que ela enfrentava dinossauros. Diferente da Samus, ela não é aquela "mulher com testoterona" (ok, a Samus é bem peituda, mas BEEM alta. E mulheres MUUUUTO altas não costumas ser sexys, minha opinião. A Chun-Li também é bonita, mas as pernas são BEEEEM malhadas, mulheres com músculos, tipo... Qual o homem que gosta de abraçar músculos?), a Lara é uma mulher... Bonita.

    Não tão apelativa nos jogos, do tipo durona, não tem medo, o jogo de ação-puzzle, similar o do Indiana Jones, Tomb Raider foi bem marcante mais pela protagonista que o enredo (claro que o enredo do jogo também é ótimo, um diferencial na época, mas, sejamos realistas né...?).


    -Roxas, você fez este post para mostrar o seu gosto pessoal em mulheres de jogos?
    Foi! Hahaha! Também só citei esses jogos antigos, mostrei umas comparações, ahhh váááá... Não foi tão ruim assim, foi?
     
    /Cara do Roxas quando terminou o post

    1 comentários:

    Luigi disse...

    Eu nunca joguei Metroid, mas eu já sabia que a Samus era mulher, tipo, no SSBB, no modo de aventura, quando encontra o pikachu, a Samus -sem armadura- ta lá, e a gente até joga com ela, tirando o fato de quando a gente for escolher o Samus pra jogar, no modo de luta, e segurar o botão - ela perde a armadura ja no começo da batalha, sem precisar usar especial