28 de julho de 2012

Anime Kawaii em "O Mágico de Oz" Parte 1

Então gente, eu sou a Daisu, a stalker e a planta da sala de estar do AK -q Minha parte no blog é fanfiction, maas, acaba que minhas fics ficam grandes...é. Para a minha primeira fanfic, eu escolhi o mágico de Oz. Essa fanfic deve ter 2, no máximo 3 capítulos, acho. Espero que gostem!

O.B.S.: Quanto as pessoas que foram escolhidas como bruxos. Dan, é que as veteranas queriam zoar com você naquele "ritual de iniciação" e tal, foi ideia delas ç3ç. Renoth, também foi ideia delas *explode*.


O.B.S²: Eu fiz no Word, e quando eu coloquei aqui ficou meio bagunçado > <, se ficar ruim de ler, falem pelos comentários que eu tento dar um jeito,ok?

               

Em um dia normal na casa do AK, Yori estava passeando com Pedro pelas redondezas. Era um dia nublado, não dava para ver muita coisa no céu,mas Yori também percebeu uma coisa.
-Olha Pedro, aquilo é uma Anima?
-Raaawn rownn uh. ( Dafuq Yori.)
Yori olhou com uma cara de desapontamento para Pedro.
-Achei que você tinha visto Fairy Tail! Anima é como se fosse um portal para outra dimensão.
- Roown rawnn. Huu rauwn! (Eu disse que eu iria ver depois. Agora temos que avisar os outros)
Então os dois foram para casa o mais rápido possível para contar o que tinham visto para os outros. Mas quando chegaram lá, se encontraram em outra situação. Um garoto alto, de aparência fofinha estava falando com Vick, eles pareciam estar discutindo. Os dois mantinham a calma, mas um momento depois que Yori entrou, o garoto se levantou da cadeira gritando.
- ELE NÃO É UM ANIMAL INOFENSIVO! ELE É UM DINOSSAURO! Você deveria ter consciência disso, *põe uma luva* por isso vou ter que leva-lo, já que tenho o mandato para isso.
Yori olhou para Vick no mesmo instante, com um olhar de “dafuq”. Vick olhou para o mandato e abaixou a cabeça. Ela se levantou e sussurrou no ouvido de Yori o que havia acontecido. Yori ficou abismada.
- Você não pode levar o Pedro, ele nunca fez nada de mal a ninguém!
A garota olhou para Pedro e ele fez uma cara de “oops”. O garoto que ainda estava na sala chegou mais perto de Yori.
- Ele é um dinossauro, ele destruiu as cercas dos vizinhos e—
Yori interrompeu o garoto e apontou para Pedro.
- Olhe para ele, não tem como ser mais inofensivo! Ele não fez aquilo por querer, foi um acidente! 
- Se ele fez isso acidentalmente, imagine o que pode fazer querendo. Agora, eu tenho o mandato. As autoridades irão leva-lo amanhã. Tenham um bom dia *põe outra luva*.
Ele saiu pela porta e deixou um clima tenso na casa. Vick não sabia o que fazer, ela poderia ser badass e ter muitas escapatórias, mas dessa vez, ela não via outro jeito. Yori sentou do lado de Vick por um tempo e depois, saiu correndo para seu quarto com Pedro, e quando ela estava longe de todos da casa, disse para ele:
- Pedro, nós vamos fugir, esse é o único jeito.

                Yori e Pedro estavam arrumando as malas, às 11:00, que geralmente é a hora em que ela ainda está lendo fics, por isso as pessoas que ainda estavam acordadas não suspeitavam em nada sobre os barulhinhos que vinham do quarto da garota. Mas, quando Yori estava colocar seu laptop na mala, ela deixou cair no seu pé e deu um berro, o que não era normal, já que ela sempre lia escutando música co os fones de ouvido.
- O que houve? Está tudo bem?
Daisu apareceu na porta da garota, esfregando os olhos.
-Daisu, vc já estava dormindo?
-Poha, eu acordo cedo! E também tenho medo de ficar acordada sozinha, com as luzes apagadas.
Yori estava tentando pensar numa desculpa para falar, ela não queria deixar as pessoas preocupada, com o fato dela fugir de casa... ou será que ela deveria contar? Enfim...
-Ah..eu...eu... EU TENHO UMA VACA CHAMADA JAIRO!
-Ah...ok né, vou voltar a dormir.
Yori ficou aliviada, ainda bem que ela não se importou com aquela coisa aleatória que ela falou. No mesmo momento que Daisu saiu, Bia entrou no quarto da garota.
- Eu sei que você vai fugir, não tente me enganar.
Bia olhou para Yori, ela abaixou a cabeça e disse que não queria deixar as pessoas da família preocupadas.
-Você deixaria as pessoas preocupadas se saísse sem avisar, nós entendemos que você não quer que Pedro seja levado embora, mas você teria que ficar muito tempo longe, para que o cara que denunciou o Pedro esquecesse do caso, então você deveria ficar aqui. Vamos arranjar um jeito de trazer Pedro de volta. Confie em mim.
Yori afirmou que sim com a cabeça e Bia saiu do quarto. Pedro apareceu na janela mais uma vez, com uma cara triste. Yori abraçou a cabeça do dinossauro ela estava pensando em outro plano, já que fugir não era uma escolha muito boa agora, ela não poderia deixar ele ser levado para um lugar horrível, imagine como deve se—
-...ANIMA!
Yori lembrou que não tinha falado para as pessoas sobre aquele redemoinho no céu. Aquilo interrompeu seu pensamento no exato tempo em que lembrou. Ela saiu correndo para a cozinha, onde tinha um microfone que transmitia para toda a casa.
-GENTE, ACORDEM, ISSO É URGENTE! VENHAM PARA A SALA, RÁPIDO!
Em uns instantes as pessoas estavam descendo loucamente as escadas, uns caíram, outros já estavam sendo pisados no primeiro degrau. Eles se jogaram no sofá e começaram a reclarar sobre o que estava acontecendo.
-Gente, por favor! Olha, hoje a tarde eu estava andando e vi uma Anima no céu.
-Yori, isso só existe em Fairy Tail, é quase impossível isso acontecer no mundo real. E além do mais, Mystogan já fechou todas! Você deve estar delirando – disse Mimy.
-Mas e se isso for verdade? O único jeito de não sermos sugados é ser um Dragon Slayer, o que é impossível de acontecer nesse curto período de tempo! – disse Daisu
-Então temos que arranjar um espírito celestial – disse Bia.
Nessa hora, todo o resto da família estava perdido naquela conversa. Era tudo sobre aquele anime Fairy Tail, elas não tinham visto, como poderiam saber do que se trata?
-Vamos logo para um abrigo subterrâneo, mesmo se não conseguirmos, não custa nada tentar, não é? – disse Roxas.
Todos concordaram e foram para o subterrâneo da casa, que tinha sido feito caso acontecesse invasões zumbi, já que tudo ficava trancado e tinha mantimentos.
- CORRE NEGADS!
Bou gritou para enfatizar a situação, e todos foram para o subterrâneo.
Yori estava lá para os últimos da fila quando se lembrou. Pedro!
Ela já estava quase entrando, mas se virou.
-Yori! Entre, vamos ter que trancar agora! – disse Vick
-Não podemos deixar o Pedro!
A garota saiu correndo para fora. Já estava ventando muito. Ela pegou Pedro e eles entraram na casa, como ele se sustentou com o peso, isso é inexplicável. Eles começaram a bater na porta no subterrâneo, mas as pessoas não a escutavam, pelo barulho do vento lá de fora. Ela viu que não tinha jeito e foi para seu quarto junto ao dinossauro. Quando ela chegou no quarto ela pensou em entrar embaixo da cama, mas quando foi se baixar, BUM, a janela se soltou e bateu em sua cabeça.
-O QUE É ISSO!? UMA JANELA NÃO deixa Yori in...con...siente.
Ela desmaiou por um segundo, e Pedro jogou água nela.
-O QUEEEEE?”
Ela gritou novamente, ao acordar e olhou para fora, a casa estava flutuando! O subterrâneo não era ligado a casa, então Yori e Pedro eram os únicos ali. Ela começou a ver figuras conhecidas pela janela e se perguntou se tinha bebido, quando seu pensamento foi cortado pela imagem do cara que queria levar Pedro, ela olhou bem para ele até que ele se transformou numa bruxa. Ela ficou com uma cara de “dafuq” novamente e sentiu a casa cair, será que era seu fim?

                Yori caiu no chão e bateu a cabeça. Quando abriu os olhos, esfregando a cabeça de dor, viu que Pedro estava bem e eles resolveram sair da casa. Quando ela abriu a porta, viu que estavam  em um lugar totalmente diferente de onde moravam. Tudo era florido e colorido, ela sentiu um pequeno incomodo no estômago, que logo passou. Ela olhou em volta mais uma vez, e quando se virou para o dinossauro, ela viu que ele estava com uma coleira, e parecia uns 3 metros menor.(O que não fazia muita diferença, ele ainda era muito alto). Foi assim que o pensamento surgiu na cabeça de Yori. “Se o Pedro está com uma coleira do nada, isso quer dizer que...eu...”. Nesse momento Yori olhou para baixo, vendo suas roupas e deu um grito.
-QUE POHA  É ESSA!?
Yori usava marias-chiquinhas e um vestido quadriculado azul e branco.Ela tentou ignorar esse fato, com um facepalm e continuou andando. Ela deveria ter dado só uns 10 passos quando caiu no chão. Ela presumiu que fosse porque estava andando com olhos fechados, mas depois disso, ela ouviu umas risadinhas de criança. Novamente, o incômodo no estômago voltou.
Logo depois, ela se levantou e viu que tinham casas bem pequenas por sua volta, e quando estava concluindo o seu “olhar em volta”, ela viu pixels coloridos vindo em sua direção, que quando chegaram bem perto dela, se transformaram numa pessoa. Uma vampira, mais especificamente.
-... Quem é você?- Yori falou abismada com toda aquela situação muito random.
-Eu sou a Bruxa Vampira Vick, do Norte. Os anões me chamaram perguntando se vc é uma bruxa boa ou bruxa má. Cá entre nós <sussuro> acho que eles beberam </sussuro>.
-Aah, eu não sou bruxa, e acho que eles beberam mesmo. Onde estou?
-Você está na terra de Oz, mais especificadamente, no país do K-Pop. E agora... acho que faz sentido a perguta dos anões. Você jogou uma casa na bruxa do leste.
Primeiramente, dois pensamentos entraram na cabeça de Yori: “País do K-pop!? Eu odeio K-pop...” e “...omg, eu matei uma pessoa  =D/NathFeelings”
-M-minha casa matou alguém!?
Yori começou a revirar em torno da casa e a Bruxa Vampira Vick mostrou a bruxa morta. Ela só tinha as pernas de fora e usava tênis vermelhos brilhantes.
-Agora, vou chamar os anões, eles devem querer te cumprimentar, já que agora é a heroína nacional deles.
A garota gostou da ideia. Heroína nacional,é? Imagina o que poderia fazer... A Vampira Bruxa Vick começou a gritar chamando os anões. Ela falava “EI, ELA É LEGAL, PODEM SAIR DE ONDE ESTÃÃÃÃO!”, e então, logo depois, muitos anões apareciam, saindo de seus esconderijos. Assim, um anã chegou perto de Yori e falou:
- E-eu sou a representante da assembleia, então eu estou representando todos os anões, já que a Rainha não esta presente no momento. Meu nome é Serinn, e nós, os anões, agradecemos por nos libertar da Bruxa. É provável que logo a Rainha chegue, então, enquanto isso, os outros representantes de clubes irão de dar os agradecimentos.
Yori ficou olhando para a anã. Ela não sabia se achava aquilo fofo. Ela odiava anões, e risadinhas, mas Serinn foi tão legal com ela que seu ódio diminuiu. Mas, nem tudo é perfeito, não? Então Yori se lembrou que aquele era o país do K-pop, e geralmente, as pessoas fazem músicas para agradecer, e foi assim que aconteceu, logo depois um anão chegou para Yori e começou a cantar uma música de agradecimento. Yori não podia aguentar, odiava duendes e K-pop, o que acabou num chute na cara do anão, que de tão forte que foi o chute, acabou “voando”.Nesse minuto, ficou um silêncio tenso. Até que todos ouviram as trombetas. A Rainha tinha chegado. Todos os anões se viraram para a Rainha e a reverenciaram.
-Eu vim aqui por que me falaram que a Bruxa do Leste morreu. Jogaram uma casa nela... Quem falou isso estava bêbado?
-Ah, na verdade, foi um acidente..ah... Rainha.
-Vossa Alteza Suprema Bou, para você.
A Rainha olhou com uma cara de nojo para a garota, já que ela usava um vestido xadrez, fora de moda, segundo ela. A garota por um momento encarou a rainha.
- Se você é a rainha dos anões, por que você tem um tamanho normal?
-Quem disse que pra ser rainha dos anões tem que ser anã? É por isso que eu sou superior a eles, entende? Agora, queremos retribuir o favor. O que podemos fazer por você. Ah, e não abuse, porque senão, o agradecimento vai virar uma pena de morte.
-Eu queria voltar pra casa. Eu moro bem longe daqui, eu cheguei aqui com uma Anima, assim, não daria pra eu voltar por onde vim, acho.
Nesse momento, uma fumaça vermelha apareceu no meio da praça, e uma bruxa surgiu de lá, ou melhor, um bruxo.
- Posso saber quem matou meu irmão Renoth, a bruxa do Leste!?
Yori ficou abismada com a situação e chegou perto da Bruxa Vampira novamente e perguntou quem era. Ela disse que era Dan, o bruxo do Oeste, que era tão mal quanto Renoth.
-Ei não está se esquecendo de alguma coisa Dan? – Disse Vick.
-Ah sim, os tênis!
Então o bruxo se virou para a casa, e olhou em direção ao irmão.Como mágica, os tênis desapareceram e os pés “murcharam”. O bruxo olhou novamente para a Bruxa Vampira.
-Onde você os colocou!? Me dê!
A Bruxa Vampira apontou para os pés de Yori, que agora estavam com os tênis. Nesse momento ela pensou “Espero que não sejam desconfortáveis, porque assim que eu dou mesmo eles pra esse bruxo”.
-Eles estão aqui, e é aqui que vão ficar. – Falou Vick, com toda a calma do mundo.
Ao contrario dela, o bruxo ficava cada vez mais irritado.
-Então eu vou fazer de tudo para pegá-los de volta. Eu voltarei! Se cuide garota!
E assim, com outra bomba se fumaça, o bruxo desapareceu. Aquilo deixou um clima um pouco tenso, que logo passou quando Vick respondeu Yori.
- Bom, já que você não poderia voltar pela Anima, tente falar com o mágico de Oz! Ele pode te ajudar. É só seguir a estrada das pedras rosas.
-Ei, olha o abuso! Só EU posso andar nessa estrada, use as de pedras amarelas, elas se juntam mesmo. – Disse a Rainha Bou.
Então Yori começou a andar sobre a estrada.
- Siga a estrada de pedras amarelas! – disse um anão
Yori afirmou com a cabeça e chamou Pedro.
-Siga a estrada de pedras amarelas! – disse outro anão
Yori afirmou com a cabeça novamente, irritada.
- Siga a estrada de pedras am-- - O anão nem conseguiu terminar, pois Yori já tinha dado outro chute nele. Nunca deixe a Yori irritada. E assim, Yori saiu do país do K-pop, que no caso ela percebeu que era bem pequeno e continuou andando pela estrada de pedras amarelas, junto com Pedro.
Continua...

6 comentários:

Yori disse...

FUEWHUHG3UOJV4IHG.

Eu tenho uma vaca chamada Jairo HAUSHASUHASU EU RI.

E vocês, que me deixaram pra fora, enquanto fui salvar o Pedro e_e

Daisu disse...

ASDOIUFHASUIDOHFAOIUSDHFAUSOHDFUSIDHF, melhor morrer uma do que morrerem todos, né? :BB *levatiro*

BOO, the Queen. disse...

Daisu, COMO EU POSSO COMANDAR ANõES
EU ODEIO ELES
ASIDJANSDIOJASNDASNJD
AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
-q

btw ótima fic <3

Serinn disse...

kkkkk, sou uma anã >.<
Daisu vidente u.u
Como tu soube que eu sou baixinha? -qqq

Roxas disse...

Cara, que absurdo! Esse Roxas nem foi com a Yori salvar o Pedro!
Caraca
*joga uma cabine telefônica no Roxas*

Yori disse...

^ AHSUHSAUHASUASU