6 de fevereiro de 2015

Theme Hospital, simulando um diretor de hospital

Senhores! Senhoras! Meus queridos! Estou aqui com mais uma hiper novidade aqui, diretamente de 1997 (ano em que muitos de vocês estavam dando os primeiros passos), um jogo feito para nós entendermos o motivo de tanta fila de espera no SUS, efeitos e sons tão realísticos que te fazem sentir a gastura de se gerenciar um hospital, um jogo....

Mentira, é só um jogo velho que passou no teste dos 15 anos. Fui jogar esses dias e está aprovado.

Não fosse pelo fato que o jogo está de graça, eu talvez não teria baixado e jogado. Agora que baixei e joguei, eu provavelmente pagaria 5 reais pelo jogo, mas aí eu lembrei que esse dinheiro iria pra EA, aí eu, "hmmmmmmmmmmmmmmmmm, dope".

Theme Hospital
 

História
Você realmente precisa de uma história? Você é um diretor de hospital e seu objetivo é curar o máximo de pessoas possíveis. Você, como diretor, tem que ter certeza que seus funcionários estão trabalhando bem, que ninguém está saindo reclamando do seu hospital e que todo mundo está curado e que você esteja recebendo bem por isso.

Pronto. Acabou. O seu objetivo na história é se tornar um renomado diretor de hospital.
Hmm... Parece bem "mais ou menos", mas vamos lá

Jogabilidade
Seguindo uma ideia bem simples de clicar em menu, arrastar coisas e mudá-la de posição, quem jogou the sims alguma vez na vida, vai perceber a semelhança na jogabilidade (apesar que esse aqui tem um menu bem mais simples que The Sims). Você clica em um tipo de sala, coloca a mobília, contrata um médico e fica por isso aí mesmo.

E o que mais acontece no jogo?

Os seus funcionários podem se rebelar contra você, suas enfermeiras podem dar o remédio errado pra alguém, terremotos podem acontecer e destruir os equipamentos do seu hospital, a secretária pode deixar milhares de pacientes na fila de espera e os doentes podem sujar o corredor todo enquanto seus zeladores estão tirando uma horinha de folga, bem quando um magnata está passando pelo seu hospital para avaliá-lo.


E é aí que cabe a sua gestão como diretor: você deve criar, além das salas de cirurgias propriamente ditas, salas de descanso pros funcionários e as próprias salas de espera pros pacientes (não esquecendo de colocar umas plantinhas e máquinas de refrigerante para dar um ar mais amigável pro lugar!). Alguns vão precisar só de passar no psicólogo, outros precisarão passar por uma cirurgia para diminuir o tamanho da cabeça por estarem com cabeça-de-balão e o senhor deve estar preparado para atendê-los e ganhar milhões e milhões.

Pera, MILHÕES?!

O jogo deve ter umas 7 ou 8 fases, contando com as carinhas que tem no tabuleiro de fases, porém eu não passei da 5ª. A cada nova fase, sua equipe descobre uma nova máquina pra curar uma nova doença enquanto sua equipe de médicos cada vez mais burra, então acaba ficando mais difícil.
Curiosidades

  • Se você está lendo este post antes do dia 28/02/2015, você ainda pode baixá-lo de graça no Origin (para quem não sabe, Origin é tipo Steam, você cria uma conta de graça e só paga pelo jogo; entretanto os jogos do Origin são da EA, aí eu entendo perfeitamente se você prefere baixar um The Sims piratão).
  • O jogo não tem muito mistério: os pacientes sofrem de Síndrome de Elvis Prssley até Invisibilidade crônica. Todas as doenças são engraçadinhas neste quesito.
  • Eu imagino que você possa perder de várias formas, mas todas as vezes que perdi, foi porque eu fiquei louca e me droguei com remédios.
  • Existe um jogo, Hospital Tycoon, que é baseado no Theme Hospital. O jogo é mais novo e é exclusivo para PS3. Eu não o baixei pra saber se é bom ou não, mas... Vai que, né?
  • Nunca zerei, nunca vou zerar. Esse jogo é impossível!! D:  Nunca poderei ser um rico empresário.


Roxas, eu fui dar uma olhadinha no jogo e, meudeus, ele é muito feio...

Quando eu fui jogar também, ele estava bem mais feio do que eu lembrava. Parecia uma espécie de habbo melhorado.
Porém, eu fiquei umas duas ou três madrugadas jogando e foi bem divertido! Passou na regra dos 15 anos tranquilamente, dá pra até mesmo você, que é mais novo que o jogo, jogar de boa.

Até a próxima quinta, pessoal!

0 comentários: