9 de agosto de 2015

Tree of Savior: tem cara de Ragnarok

Boa noite, meus queridos! Hoje estarei comentando em primeira mão o beta de um dos MMOs mais esperados de todos os tempos: Tree of Savior. Eu e mais 5000(na verdade, soltaram mais 3000 keys, então são 8000) pessoas fomos sorteadas a jogar no Closed Beta 3 de ToS por 10 dias do servidor americano e relatar todos os erros, bugs e problemas de todos os tipos desse jogo (e devo dizer que tá bem grandinho).

Eu devo confessar que só fiquei sabendo desse jogo por causa dos meus amigos e eles tavam muito mais empolgados do que eu pra jogar, mas... TRISTE SORTE DO DESTINO! (E ainda por cima ganhei num sorteio mó nada a ver no facebook) #roxasbabaca

Sem mais delongas, vamos ao jogo!

Tree of Savior
História: A humanidade vivia em paz e harmonia com os deuses. Haviam muito deles, todos eram gentis e sempre ouviam as preces dos humanos. Certo dia, os deuses pararam de responder tais preces, mas ninguém levou a sério. Semanas, meses e nada dos deuses aparecerem. Até que num fatídico dia, uma das mais importante capitais daquele mundo foi devastada por uma praga que emergiu junto com uma árvore que cresceu e "engoliu" rapidamente a cidade. Não bastasse somente a árvore, chamada Árvore Divina, ter destruído casas, castelos e comércios, a árvore transformou pequenas flores em terríveis monstros que devoram humanos; fofos cachorros em ferozes lobos gigantes que se voltaram contra seus donos... Este dia foi conhecido como o Dia da Árvore Divina. Após 4 anos sem resposta dos deuses e toda essa catástrofe acontecendo, os humanos decidiram agir.

E com esse plot default dá todo um bom motivo pra fazer um mmo, onde ninguém lê a história. Fala a verdade, quem se importa com história de mmo? De verdade? Eu definitivamente não sou desses, só quero jogar e ter o pet mais fofo.

Jogabilidade:  Há três modos de jogar ToS: com teclado, com mouse e com controle.
Controle x Mouse/Teclado
Para aqueles que gostam do estilo de combate de Ragnarok, ele é completamente funcional para isso, que é o modo mouse. Nesse modo é bem mais fácil de jogar com mago e arqueiro, que dá para mirar mais facilmente e é mais parecido com estilo Point-and-click.
O modo teclado também é bem tranquilo de usar e é o default do jogo. Nada muito especial. É quase a mesma coisa do modo mouse, mas não tão intuitivo de mirar. De resto, mesmo estilo de muitos outros mmo's.
E uma das coisas que mais me chamou a atenção foi o fato de jogar com controle. Primeiro eu demorei pra descobrir que podia jogar com controle e, quando descobri, nuss. O jogo se transformou pra mim. Super flúido, fazia sentido pular, não tem rolamento, mas o pulo ajuda a esquivar dos ataques, é muito mais tranquilo usar as skills... Muito fácil e fluido de usar com guerreiros, que precisam ficar indo de um lado pro outro pra desviar dos golpes e partir pra cima dos monstros.
O jogo, porém, é bem esperto e consegue navegar de um modo pra isso sem que você precise configurar toda vez. O modo controle ainda tá bem cru e muitas das funções dele acabam falhando, especialmente na seleção de menu. Então, quando eu estou na cidade e vou comprar algo, eu simplesmente pego meu mouse e vou clicando nas coisas. Terminado as compras, eu pego meu controle de volta e continuo minha vida. Muito simples.

Outro ponto bastante positivo do jogo é que tem boss. Muito boss. Não é um, dois, três bosses... São MILHÕES! Tem uma quest de catar florzinha e...
Cada boss tem sua jogabilidade, seus ataques, seus especiais... Ainda não estão balanceados por membros na party (ou seja, o primeiro boss que você enfrenta ele é bem complicadinho se for sozinho, mas se tiver 2 pessoas, ele se torna ridículo e sem graça de tão fácil), mas eu acho que deva ser por conta do beta.

Tem gente que está reclamando da quantidade de bosses que tem no jogo, mas é justamente por eles que estou achando ele todo especial. Apesar que muitas das pessoas que estão jogando ToS na realidade querem jogar Ragnarok, Ragnarok é um MMO muito... Crú. Foi um que revolucionou, deixou popular, merece todos os prêmios, porém... Porém ele tem 11 anos, muitos outros surgiram do mesmo estilo dele (ou iguais) e, sim, as pessoas cansam do estilo. Rejogam algumas vezes (inclusive ainda tem servidores vivos desse jogo), mas... Precisamos de algo novo. Os boss são legais e ponto final.

Curiosidades:
  • Outros betas virão, então, se quiser poder algum dia receber a sua key, acesse esse link aqui, se cadastre no site e torça pra poder jogar e testar o jogo antes de todo mundo. Ou se você é do futuro e já lançaram ToS, talvez o link de download esteja nesse site, porque o jogo é FREE TO PLAY.
  • Apesar de todo mundo correndo neste beta, todo mundo vai perder tudo o que conseguiu assim que o beta acabar. ):
  • O jogo pode ser rodado numa batata, então fique tranquilo se você acha que seu computador não aguenta.



-Ah, Roxas, eu tenho uma dúvida. Tem muito BR no jogo?
Infelizmente, brs e jajaja estão em todos os lugares... KS, chamando os outros de noob, bots para matar mobs, mony pls... Não tem como fugir deles...

1 comentários:

Mandy Kodama disse...

Eu não fui escolhidaaaaa pra testar ToS! Estou doida pra esse jogo, porque não tem como não comparar com Ragnarok né? ;-;
Que inveja, que inveja! UEHAUEHA
Estou seguindo seu blog, será que de repente não daria pra seguir de volta? *-* eahuehua
Beijo~!

Blog: http://mandykodama.blogspot.com.br