4 de agosto de 2011

Pokemon League: Gotta catch them all!

Eu demorei, mas não sumi! Boa tarde pessoas!
A data deste post foi mudada pra quinta feira convenientemente. /risos
Acho que ninguém quer saber, nem sentiu falta, do porquê eu sumi por tanto tempo. A resposta, qualquer forma, é que eu tava fazendo um jogo. Foi a coisa mais bugada que eu já fiz, mas releva.

Havia perguntado na c-box sobre qual assunto desejavam que eu falasse, já que eu ainda estou jogando o Dante's Inferno, que eu pretendo falar o quanto a jogabilidade dele é fácil, comparando com God of War; além disso, ainda não terminei de configurar meu notebook pra aceitar controle de PS3 pra eu jogar Madness Returns, o qual parece que vou acabar comprando mesmo, porque... Né?
Sem falar que ainda não está em outubro pra eu falar do jogo Penumbra, o qual eu e meus amigos ficamos jogando juntos todos ligados no skype.
Ou seja, percebam o quanto estou ocupado fazendo pesquisas de campo na minha área!

[E assim Roxas espera que todos acreditem em suas desculpas esparrapadas]


E aí me sugeriram The Little Big Planet... Mortal Kombat... Não que eu não goste destes jogos, mas não... Como se diz?
Gosto de jogos mais cinematográficos. E de luta... Mortal Kombat é legal e panz, mas... O jogo em si não tem uma história (mesmo que jogos de lutas só importe cair na porrada). Não acho tão bacana. Tá certo que Mortal Kombat é bem antigo, mas mesmo assim...
Aí falaram Pokemon.

Pokemon? Pokemon! Pokemon é legal, mesmo eu não jogando muito(meu grande amigo Caio é viciado em Pokemon). Só joguei o Yellow e o GoldSilver, o qual fiquei imensamente frustado por não conseguir, sem roubar, capturar o Celebi. POR QUE CRIARAM UM POKEMON QUE NÃO DÁ PRA SER CAPTURADO?!?! /cry

Mas não vou falar de todos os jogos de Pokemon, nem do último nem nada disso. Afinal, existe o site Pokemon Official da Nintendo e Pokemon Mythology, portal PT-BR sobre Pokemon, pra falarem justamente disso. E eles trabalham pra isso.

Vou falar de algo que soube a bem pouco tempo, graças ao meu amigo Caio, e achei bastante interessante porque não sou viciado em Pokemon.

Vou falar das Ligas Pokemon de verdade!


E é óbvio que não tem aquela super drama como no anime, né? O pessoal é mais gente boa.
Porém, realmente aquelas pessoas que se especializam em treinar seus pokemons a ponto de participar de campeonatos (comumente, em eventos de animes).
Até aí, sem problemas.

O grande porém é quando a pessoa ganha o título de Líder de Ginásio ou participa da Elite dos Quatro, reconhecidos mundialmente. Um evento conhecido é o Pokemon Tournament e neste link explica mais ou menos o seguinte:
Você entra neste evento, registra-se na Liga e vai de stand em stand desafiar os Líderes de Ginásio (que já foram um treinador como você). Junte as 9 insígnias e tenha cuidado com a Equipe Rocket.
[Isso acontece nos Estados Unidos e a Con Bravo faz parceriam com a Play N Trade, portanto, este evento tem seu reconhecimento E É ENGRAÇADINHO pensar em pessoas caracterizadas, não necessariamente de cosplay]

De fato, Pokemon tem bastante estratégias e, a cada novo lançamento, mais desafios tem sido lançados aos jogadores para ficar cada vez mais fucking impossível capturar os pokemons... E suas formas shines... E capturar os ovos... E completar o Pokedex... E vencer os campeonatozinhos de beleza...
Adoro os Pokemons antigão, mas admito que Pokemon se tornou um jogo bastante complexo a ponto de ter Ligas de verdade.
Eu acho isso bacana porque não sei se aconteceu com outro jogo. Quer dizer, eu sei de campeonatos sérios de Yu-Gi-Oh e Magic, mas não sei se as pessoas que participam se caracterizam tanto como em Pokemon.

No Brasil não há coisas tão formalizadas e tão caracterizadas assim. Os campeonatos costumam ser online e a batalha por títulos também. Quando se reúnem, uma salinha de evento de anime comum, sem grandes detalhes. Não deixa de ser emocionante, porém...

O que realmente me deixou triste, porque eu achei mó bacana uma pessoa qualquer poder falar "sou um treinador pokemon! Olha aqui minha faixa no braço!". Acho que dá mais emoção.
Não que eu esteja desvalorizando os campeonatos no Brasil. Só que é menos caracterizado. Óbvio que a wi-fi ajudou bastante e todos os campeonatos tem seguido pra essa linha, ser online; e acredito que nossa Elite dos Quatro esteja batalhando mundo a fora pra sermos reconhecidos.

Quem quiser ver nossos atuais Líderes de Ginásio e nossa Elite dos Quatro, pode acessar o NDS Brasil e ver se você mesmo tem condições pra participar. As regras são bem rígidas, mas, acredite, não tão rígidas quanto mundo a fora. Batalham por isso e um dia conseguirão.

Não tenho muito o que falar porque nunca participei de uma Liga e nem tenho condições (e NDS) pra participar. Mas o Caio irá participar de uma e me contará a emoção do momento.


[E o post acabou e eu coloquei uma ariranha dançando]

0 comentários: